Notícias

Banparazão 2020

OFÍCIO CIRC. N°001/2020 – COMISSÃO DE PROTOCOLO

04/06/2020

Compartilhar

AOS SENHORES PRESIDENTES DE CLUBES DISPUTANTES DA 1ª DIVISÃO DO CAMPEONATO PARAENSE BANPARÁ DE FUTEBOL PROFISSONAL

Senhor Presidente,

Cumprimentando-o cordialmente, informo a Vossa Senhoria que esta FPF instituiu Comissão formada por médicos, fisiologista, educador físico, imprensa, sindicato de jogadores, árbitros e pessoal desta Federação, destinada a elaborar Protocolo para retorno para os jogos do Campeonato Paraense Banpará de Futebol 2020. O alcance desta Comissão visa fundamentalmente a adoção de medidas sanitárias e cuidados de ordem médica, higiene, logísticas e administrativas que proporcionem segurança para todos os atores que estarão envolvidos nos jogos restantes da Competição, sempre em consonância com as determinações das autoridades governamentais e de saúde.

Na primeira reunião, ocorrida no dia 26 de Maio do corrente, tivemos a participação do Dr. Diogo Netto, Gerente de Sustentabilidade e Responsabilidade Social, e do Dr. Jorge Pagura, Presidente da Comissão Médica e de Combate a Dopagem, ambos da CBF, sendo que o segundo discorreu sobre o projeto que vai ser transformado em protocolo da Confederação, cujo trabalho teve a efetiva participação de médicos de diversas áreas, e que vai enviar a FPF a minuta do trabalho para contribuição ao nosso Protocolo. Também elencou uma série de providências que deverão ser tomadas para a segurança do retorno das atividades, na sua visão, destacando três a saber: necessidade de Testes Sorológicos para avaliação de cada atleta e integrantes das comissões técnicas, além das pessoas envolvidas nas partidas; tomada de medidas protetivas, como a apresentação de questionários a serem preenchidos por cada clube, visando o conhecimento atualizado da situação de jogadores e comissões técnicas das partidas naquele momento; e redução do número de pessoas envolvidas nas partidas. Posteriormente foi discutido o alcance do Protocolo, ficando bem claro que serão medidas destinadas a segurança de saúde dos envolvidos nos jogos. Ainda nessa reunião, todos os médicos discorreram sobre necessidades mínimas para a realização de uma partida de futebol com total segurança, como controle térmico, testes e protocolos, e o Fisiologista e o Educador Físico informaram sobre o planejamento das atividades a serem desenvolvidas pelos atletas, arbitragem e jogadores. A imprensa, através do representante da ACLEP e do Presidente da FUNTELPA, também se manifestou sobre a redução de profissionais na transmissão dos jogos, e a possibilidade de cessão de imagens para todas as emissoras transmitirem os jogos. Os Presidentes dos Sindicatos de Jogadores e Árbitros mostraram posicionamento e apoio a Comissão para segurança dos envolvidos. Todos os membros da Comissão falaram a respeito das suas respectivas responsabilidades e das áreas que representam.

Na segunda reunião, que ocorreu no dia 2 de Junho, foi discutido, fundamentalmente, o cronograma de retomada, inclusive o período destinado a treinos, a possibilidade de sede única, principalmente visando a segurança dos envolvidos nos jogos, considerando o avanço da COVID-19 em direção ao interior, a estrutura de apoio na Capital e a possibilidade de concentração dos jogos em quatro ou cinco estádios, novamente visando a segurança dos atores. Também foram debatidas as diretrizes do protocolo e a divisão do trabalho nas áreas de interesse, privilegiando, naturalmente, a área médica e cientifica. Importante ressaltar que as reuniões foram realizadas por videoconferência. Finalizando, por oportuno, solicito a Vossa Senhoria o envio de contribuições ou sugestões, caso tenha interesse, para a construção do referido Protocolo, até o dia 10 de Junho de 2020, considerando que o prazo para conclusão do trabalho está estipulado para o dia 16 de Junho do corrente.

Confira o OFÍCIO CIRC. N°001/2020 Clique Aqui